Algo que causa extrema dúvida entre os pacientes do sexo masculino é saber se o exame do toque dói. Todos nós sabemos o quão importante é, depois de uma certa idade, fazer exames para acompanhar a qualidade de sua saúde.

No entanto, sabemos também que alguns exames causam medo e receio de serem feitos. Uns por conta da complexidade, outros por medo das reações que podem vir a acontecer e alguns por conta dos mitos criados a respeito deles.

Um dos mitos é justamente em relação ao exame de próstata, que serve para detectar o aumento natural da próstata ou algum câncer na região.

Se você tem que fazer esse exame e quer saber mais a respeito dele, então continue lendo este conteúdo.

O que é o exame do toque e ele dói?

O exame de toque retal, conhecido também como exame de próstata, é um exame que serve para checar a saúde do homem em relação à próstata e investigar a possibilidade de crescimento de algum câncer.

O procedimento é feito por meio de um médico urologista que usa o dedo indicador para tocar a próstata do paciente e sentir a região para saber se houve crescimento do local.

A realização do exame é feita de modo completamente higiênica e também visando um maior conforto para o paciente, visto que o exame de toque pode causar um desconforto.

O exame de toque é completamente indolor e é feito com todo cuidado possível. Além disso, o exame é muito rápido e pode levar no máximo 20 segundos.

Muitos questionam esse método, porém ele é o mais rápido e eficiente meio de investigar qualquer alteração que possa ocorrer na próstata.

Quase sempre o exame é acompanhado de um PSA feito em laboratório por meio de uma análise de sangue que consiste em medir o nível de enzima produzida pela próstata no sangue.

Ainda que haja todo um tabu por conta da realização desse exame, fazê-lo é uma das atitudes mais importantes que o homem pode ter para com a sua saúde.

Isso porque os diagnósticos coletados podem salvar a vida do paciente ao iniciar o tratamento, caso haja necessidade, e evitar com que isso prejudique a qualidade de vida do mesmo.

Homens com mais de 50 anos devem fazer esse acompanhamento pelo menos uma vez ao ano para que chequem sua saúde. Os riscos de um câncer de próstata aparecer a partir dos 50 é muito maior.

Quando deve ser feito o exame ?

Você sabe como é feito o exame retal? Saiba aqui

Ainda que você possua uma vida saudável, tenha uma boa alimentação e faça exercícios regularmente, isso não significa que esses fatores garantem que você não desenvolva nenhuma doença.

Por isso, a visita ao médico deve ser feita com frequência, ao menos uma vez ao ano. Em caso de suspeitas ou em caso de familiares que já tenham tido histórico de câncer, o acompanhamento deve ser feito em um espaço de tempo menor.

O urologista determinará as condições de acordo com o seu histórico. O exame é crucial para pessoas acima dos 50 como forma preventiva. Isso porque o câncer de próstata é a doença com a causa de morte mais alta entre os homens.

Quando há casos na família, como já foi apontado, a investigação deve ser feita não só de forma regular, como também iniciada mais cedo. Então, pessoas de 40 anos já podem marcar consulta.

As chances de você desenvolver câncer em casos do pai ou irmão ter tido a doença, se tornam três vezes maiores. Então, não seja irresponsável com seu bem-estar e marque sua consulta.

A atenção também deve ser dada não só aos pais que tiveram câncer, mas às mães que tiveram o câncer de mama também. A doença provavelmente acontece por conta de algum gene defeituoso herdado.

Quais são os sintomas a ficar atento?

Há alguns sintomas a que você deve ficar atento e procurar um urologista o mais rápido possível. O principal deles é o problema para urinar.

Se um homem sente vontade de urinar com uma frequência além do normal, é preciso que ele fique atento aos sinais do corpo. Esse é um grande indício de que a próstata pode estar com problemas.

Isso ocorre porque à medida que se envelhece, a próstata começa a aumentar de tamanho e isso pode gerar impactos grandes dentro da rotina do indivíduo. Sendo assim, os principais sintomas são:

Em caso de sentir algum desses sintomas com frequência, não hesite em procurar um médico para que ele possa investigar sua saúde.

Existe alguma contraindicação sobre o exame do toque?

Não existe nenhum tipo de contraindicação para que o exame possa ser realizado, justamente por se tratar de algo rápido, indolor e natural.

O único cuidado nesse caso, é quando o exame precisa ser feito, por ventura, em uma criança. Fora isso, as únicas contra indicações existentes são para que a próstata de pacientes neutropênicos e com abscessos não seja mexida demais.

Como o teste é feito muito rapidamente, o desconforto que se pode sentir pode acabar sendo algo muito rápido.

Portanto, realizar um exame que dura no máximo 20 segundos, uma vez ao ano e que pode salvar a sua vida, parece algo muito justo para que você se negue a querer fazê-lo.

Toda dor de cabeça e complicação que você pode ter ao descobrir um câncer, nem se compara com a realização de um exame indolor.

Conclusão

O mês de novembro chegou e, além da empolgação para as festas de fim de ano, outro movimento muito importante acontece e é tão importante quanto as festas comemorativas, que é a campanha Novembro Azul.

Ela traz a importância do cuidado e de quanto é fundamental que o homem tenha esse cuidado consigo mesmo indo fazer exames e deixando os tabus de lado.

Então, se está na sua hora de fazê-lo ou você se encaixa em um dos quadros citados no texto, marque sua consulta e se livre de qualquer tipo de suspeita.

Compartilhe este conteúdo com mais pessoas para que elas saibam também sobre as questões que envolvem esse tema.

 

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.